Logo

Человек с киноаппаратом (Um homem com uma câmera)

O precursor dos documentários, Vertov foi com certeza a fonte de onde o chamado cinema direto bebeu.


PORTUGAL 2014 - Viagem Enoeducativa<span>VIDEO</span>
RETRATOS<span>PHOTOGRAPHY</span>

Gravura

Um namoro a distância que iniciou como um susto, um dia eu não conhecia a técnica, no outro estudava para prestar o vestibular na EMBAP.


PINTURA<span>Ilustração</span>


Fotografia

Foi onde tudo começou, o tsunami que me trouxe de Santa Catarina para o Paraná.


GRAVURAS<span>Ilustração</span>

 

View All
PORTUGAL 2014 - Viagem Enoeducativa<span>VIDEO</span>
PINTURA<span>Ilustração</span>
GRAVURAS<span>Ilustração</span>
WINE´01 - Argentina e Chile<span>Vídeo</span>
CASAMENTO SAMUEL & SU<span>Vídeo</span>
WINE´01 - Pisco, Pisco Sour, Chilcano<span>Vídeo</span>
Ctrl TV - Burlescas<span>vìdeo</span>
RETRATOS<span>PHOTOGRAPHY</span>
 

 

 

 

 

logoNotasiteprojeto

 

UM HOMEM E UMA CÂMERA

Vivemos em uma realidade onde imagem e vídeo são parte de nossa rotina diária.

Buscamos em vídeos coisas básicas como uma receita do um prato para preparar no almoço ou um tutorial que nos ensine a fazer algo para decorar nossa casa.

Gravamos vídeos para apresentar uma idéia.

No filme documentário soviético de 1929, o diretor Dziga Vertov mostrou ser possível fazer uma produção cinematográfica a partir de simplesmente de Um homem e uma câmera. Ele foi um dos mais influentes cineastas do mundo, foi o criador de várias teorias cinematográficas. Uma das mais famosas é a do cinema-olho ou cinema-verdade (Kino Pravda), na qual propõe filmar apenas a “verdadeira realidade”, com a câmera representando o olho do homem, daí o nome da teoria.

Já vemos programas de TV onde o próprio apresentador segura a câmera em mãos e filma enquanto apresenta.

A produção para este material audiovisual passa por uma grande mudança e modernização tecnológica.

Para chamar a atenção do espectador os videos passam a ser mais curtos, com informações claras e objetivas euma estética atraente e dinâmica.

Este é o enfoque do projeto UM HOMEM E UMA CÂMERA, vídeos mais breves, com linguagem cinematográfica, que retratem a realidade através do olhar de um artista visual

 

 

<span></span>

O seu nome (obrigatório)

O seu e-mail (obrigatório)

Assunto

A sua mensagem

 

 

 

 ataperfil
 

Artista Visual Catarinense, vive em Curitiba desde 1993. Graduou-se em Gravura na EMBAP (Escola de Música e Belas Artes do Paraná) em 2004. Hoje, integrante do grupo “Pelospublicos”, trabalha também em seu projeto “Um homem e uma câmera”.